Busca rápidaX

Investigação sobre suspeito de matar gatos na região está em fase final

14 de novembro de 2021

A Polícia Civil pretende concluir nesta semana o inquérito sobre gatos adotados e executados na região. A investigação foi assumida pelo delegado Amílcar Souza Neto. O trabalho da polícia foi iniciado sob a coordenação do delegado Ricardo Miron, que está em férias. Apesar de um grupo de ativistas animais ter preparado dossiê a ser entregue à Justiça com mais de 30 casos suspeitos, os integrantes alegam que muitas pessoas tiveram medo de procurar as autoridades devido a supostas ameaças.

O homem confessou adotar gatos pela internet para depois executá-los, por meio de estrangulamento. Ainda não há motivo aparente, e a polícia não descarta pedir um exame psicológico. Houve casos em Catuípe, Cruz Alta, Entre-Ijuís, Santo Augusto, Santo Ângelo, Jóia, Ijuí e até em Santa Maria, na região central.

O inquérito está baseado na nova lei federal dos maus-tratos, que prevê prisão e pena de reclusão de até cinco anos. O criminoso responde em liberdade porque não houve flagrante. Apesar disso, no momento da abordagem policial na residência, no mês passado, um filhote de gato foi apreendido. O animal não estava machucado e foi encaminhado para tratamento e já foi adotado.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso
error: Conteúdo protegido!