Busca rápidaX

MANCHETES

Jantar dos 100 anos da ACI de Ijuí lembra conquistas, mas destaca desafios

1 de dezembro de 2017

Com o salão de festas da Sogi lotado, aconteceu ontem à noite a jantar de encerramento das comemorações dos 100 anos da Associação Comercial e industrial de Ijuí. A programação com presença da atual direção da ACI, mas também ex-presidentes ou familiares de ex-dirigentes. Estiveram presentes os ex-presidentes, Sildo Brust, Guilherme Seidler Filho, Bruno Alberto Hass, Élvio Bagetti, Artur Roberto Schmidt e Rubem Herter. Todos foram homenageados.

Em nome dos ex-presidentes da ACI ijuiense, Bruno Alberto Hass disse que a entidade sempre acompanhou as grandes conquistas do município, ressaltou a participação dos jovens na Associação empresarial e o apoio para que a Colméia do Trabalho recebesse empreendimentos, como o sistema “S”, que se configura no Senai, Sesi, Sesc e Senac.

O atual presidente da ACI, Nilo Leal da Silva, destacou que as pessoas que construíram a entidade sempre foram empreendedoras. Para o próximo ano, Nilo Leal citou que os desafios são o melhoramento da estrutura do prédio da Associação e reformulação do estatuto, nesse último caso já delegado para os vice-presidentes.

 

Também esteve presente ontem no jantar dos 100 anos da Associação Comercial e Industrial de Ijuí a presidente da Federasul, Simone Leite. Durante manifestação e em entrevista para a RPI, ela destacou que de forma voluntária, quem participa da ACI ajuda no desenvolvimento da comunidade.

Observou a Parceria Público Privada existente com a prefeitura e criticou a alta carga tributária que prejudica o desenvolvimento dos negócios e geração de emprego. Simone Leite ainda comentou que a cada dois dias uma empresa sai do Rio Grande do Sul para empreender em outro Estado, o que é muito preocupante. Para 2018, a presidente da Federasul vislumbra cenário um pouco melhor, com a melhora da economia nacional.

O prefeito, Valdir Heck, por sua vez, na manifestação durante o jantar do centenário da ACI, lembrou do ano de 1985, quando, juntos, Associação Comercial, prefeitura, Unijuí e Cotrijuí organizaram o projeto de retomada do desenvolvimento do município. Ainda destacou que a Colméia do Trabalho une ideias diferentes nas conquistas.

 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!