Busca rápidaX

John Deere de Horizontina demite 180 funcionários

11 de novembro de 2019

A empresa John Deere de Horizontina desligou 180 funcionários na última semana. A principal razão pela demissão dos colaboradores se dá em função da queda na produção de Colheitadeiras.
Trinta destes demitidos ingressaram no plano de demissão voluntária organizado pela companhia.
Com mais de dois mil colaboradores, a planta da Jonh Deere de Horizontina representa a principal fonte de economia da região.
Conforme o Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Horizontina, Jorge Luiz Ramos, as demissões foram efetivadas após a empresa não abrir o segundo turno de trabalho, projetado para o mês de Agosto.
Segundo o sindicalista, a estimativa da empresa era produzir 2.980 colheitadeiras, mas deve construir 2.440 máquinas.
A projeção menor de venda se dá pela desconfiança dos grandes produtores rurais em adquirir equipamentos novos. Sobre os trabalhadores desligados, Jorge Ramos disse que o sindicato vai procurar a colocação destes profissionais no mercado de trabalho na região.

Em comunicado, a John Deere “informa que está realizando ajustes no quadro de funcionários de sua fábrica de Horizontina, dos quais na sua maioria eram contratos por prazo determinado”. A empresa destaca que as “medidas se fizeram necessárias em razão de variações de mercado. O Sindicato dos Metalúrgicos de Horizontina foi comunicado e o processo está transcorrendo de forma transparente”.

“Com 180 anos de história e um legado de integridade, qualidade, comprometimento e inovação, a John Deere reafirma seus rígidos controles de ética e de como conduz seus negócios, garantindo assim os valores da marca e a confiança dos colaboradores, concessionários e clientes”, encerra o texto da empresa.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!