Busca rápidaX

MANCHETES

Justiça de Santa Rosa acata pedido do MP e proibe venda de novas linhas de celulares

8 de dezembro de 2016
Má qualidade dos serviços de dados e de voz motivaram ação do Ministério Público de Santa Rosa deferida ontem à tarde pela Justiça, proibindo a venda de novas linhas de celulares da empresa Vivo no município. A informação foi repassada hoje a reportagem pelo promotor público, Marcelo Squarça em entrevista na Progresso. Conforme ele foram entre cinco e seis meses juntando elementos para embasamento técnico da ação.

Destacou terem sido feitas encontros com representantes da empresa, para tratar do problema, porém eles disseram que eram cumpridos os requisitos da Anatel. Frisou que devido a liminar a Vivo terá que apresentar em 20 dias plano de melhorias e cumpri-lo em 40 dias. Marcelo Squarça citou que os problemas acontecem de uma maneira geral em vários pontos do município.  Para exemplificar a questão da estrutura, destacou que Santo Ângelo, com área parecida de Santa Rosa, são oito antenas da Vivo. Em Santa Rosa quatro estão instaladas, porém apenas duas funcionam.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!