Busca rápidaX

Justiça decreta prisão de João de Deus, suspeito de praticar abusos sexuais

14 de dezembro de 2018

O médium João Teixeira de Faria, o João de Deus,  suspeito de abusos sexuais durante tratamentos espirituais, teve a prisão preventiva decretada pela Justiça de Goiás nesta sexta-feira (14). 

Um dos advogados que compõem a defesa de João de Deus, Thales Jayme, disse que foi informado sobre o mandado de prisão, mas não tinha recebido o documento até as 12h30min. Ele declarou também que não conseguiu falar com João de Deus nesta manhã.

O advogado Hélio Braga, que também integra a defesa do médium, ressaltou que o cliente é inocente. “Nós enquanto defesa, continuamos contestando com veemência todas as acusações. Não acreditávamos na decisão nesse sentido, perante a total falta de provas”, declarou.

Compartilhar
  • 24
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    24
    Shares
Fonte: G1
error: Conteúdo protegido!