Busca rápidaX

Justiça nega pedido e réus da boate Kiss não vão a júri popular

3 de março de 2018

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul negou ontem (02), o recurso do Ministério Público que tentava reverter a decisão que suspendeu o julgamento popular para os réus do processo da tragédia da boate Kiss, em Santa Maria.

O Ministério Público divulgou nota ontem na qual reafirma o fato de recorrer, agora ao Superior Tribunal de Justiça. Além disso, o Ministério Público lamenta o fato de que com a negativa recebida, o processo vai se arrastar por mais um tempo.

Os réus Elissandro Callegaro Spohr, Mauro Londero Hoffmann, Marcelo de Jesus dos Santos e Luciano Augusto Bonilha Leão aguardam o julgamento em liberdade.

Pela decisão dos desembargadores, os réus vão ser julgados por um juiz de Santa Maria, sem a participação de pessoas da comunidade. Ainda cabe recurso para esta decisão.
 
 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!