Busca rápidaX

MANCHETES

Lançado o projeto “Saneamento para Todos” no Distrito Buriti

8 de novembro de 2019
Foto: Fernando Gomes / Prefeitura de Santo Ângelo

Lideranças comunitárias do Distrito Buriti participaram na manhã desta sexta-feira, 08, do lançamento do projeto “Saneamento para Todos”, inserido no Plano Municipal de Saneamento Básico Rural, que contemplará cem famílias da sede da localidade com kits sanitários domiciliares, com recursos na ordem de R$ 558.402,73, do Fundo de Restituição de Bens Lesados (FRBL) do Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP/RS). 

O projeto foi elaborado em conjunto pela Secretaria do Meio (SEMMA) e pelo Ministério Público de Santo Ângelo a partir de diagnóstico inédito feito durante dois anos pelos técnicos do município abordando os resíduos domésticos e especiais, abastecimento de água e esgotamento sanitário. A aprovação do projeto foi publicada no Diário Oficial do MP/RS no dia 29 de outubro. “Trata-se de um avanço importante na área de saneamento básico rural. Quando o esgoto é tratado, não se gasta em saúde pública”, avaliou o secretário do Meio Ambiente, Francisco da Silva Medeiros. 

A partir do lançamento, o município irá complementar a documentação para avaliação técnica do FRBL, para posterior liberação dos recursos. Em seguida, o Governo Municipal irá elaborar processos licitatórios para dar início aos levantamentos socioambiental e socioeconômico que definirá as famílias do distrito que serão contempladas com os kits individuais de esgotamento sanitário, compostos de fossa séptica e filtros. 

A expectativa do Município e do Ministério Público é de que o projeto comece a ser executado no primeiro bimestre de 2020.

QUALIDADE DE VIDA NO MEIO RURAL

A promotora da 1ª Promotoria de Justiça Especializada de Santo Ângelo, Paula Mohr, uma das articuladoras do termo de cooperação técnica assinada entre o MP/RS e o Município por meio do RESSANEAR e que culminou com a destinação dos valores para a implantação do projeto “Saneamento para Todos”, disse que o Ministério Público atua em prol da melhoria da qualidade de vida da população da cidade e do interior. 

Segundo a promotora, a atuação do MP em Santo Ângelo encontrou eco no Governo Municipal que abriu o diálogo com a instituição e trabalha em conjunto em projetos para a melhoria na qualidade da água que abastece a população, na destinação correta dos resíduos e no aperfeiçoamento da rede de esgotamento doméstico, com reflexos na permanência das famílias no interior. “Levar qualidade de vida para o interior, como preconiza o Plano de Saneamento, é essencial para a permanência do agricultor no meio rural produzindo alimentos”, declarou Paulo Mohr. 

Em sua manifestação o prefeito Jacques Barbosa destacou a postura pró-ativa da promotora Paula Mohr em defesa da sociedade e a cooperação que tem dispensado para a solução de problemas que arrastam a décadas em Santo Ângelo, com foco no saneamento básico. 

Jacques disse que a gestão elaborou um diagnóstico para conhecer a realidade do saneamento básico no meio rural e que foram muitos os problemas encontrados, principalmente na qualidade da água, com precariedade no armazenamento e no abastecimento. O prefeito argumentou que o município vem desenvolvendo uma série de ações para mitigar a situação. Ele relatou os mais de vinte quilômetros de novas redes de água instaladas pelo município, o projeto Guardião das Nascentes, o resguardo de poços artesianos que abastecem as comunidades rurais, a ampliação do recolhimento de lixo doméstico no interior, além de outros e, agora, o “Saneamento para todos”, com a instalação dos kits individuais de esgotamento sanitário para cem famílias. 

O chefe do Executivo ressaltou que a qualidade de água é imprescindível também para a produção das agroindústrias de Santo Ângelo, uma das prioridades de seu governo, agregando valor à produção, ampliando a possibilidade de emprego e renda no meio rural, levando alimentos saudáveis à mesa do trabalhador. 

O vice-prefeito Bruno Hesse também fez a sua manifestação destacando os avanços do município na área do saneamento básico e na preservação do meio ambiente, com a elaboração de projetos e busca de recursos. 

PRESENÇAS

O ato de lançamento teve a presença de secretários municipais, da presidente do Núcleo Comunitário da Buriti, Glaci Ströeschen; do presidente do Clube da Terceira Idade, Vilmar Volz; de integrantes do Clube de Mães Conviver e das agentes comunitárias de saúde do distrito. 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Prefeitura de Santo Ângelo

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!