Busca rápidaX

MANCHETES

Lar da Criança de Ijuí encerra atividades de acolhimento institucional

23 de fevereiro de 2018

 

O Lar da Criança Henrique Liebich de Ijuí passa por reestruturação na forma de atendimento. Segundo a instituição, a redução do período de acolhimento definido pela legislação e a ênfase na preservação do núcleo familiar, desencadearam significativa redução do número de crianças e adolescentes acolhidos. Isso deixou ociosa grande parte da estrutura física do Lar Henrique Liebich sem, contudo, diminuir proporcionalmente os altos custos de manutenção e conservação.

Dessa forma, em assembleia, foi decidido pelo término do programa de acolhimento institucional. O Lar vai continuar o atendimento socioeducativo através do Núcleo Social. Além disso, haverá novos programas e projetos. Outro dado, é que cada ano a quantidade de acolhidos teve redução e chegou a 12 no final de 2017. 

Em contrapartida, o número de atendidos através do Núcleo Social aumenta consideravelmente, com 96 menores matriculados, que representa o apoio direto a mais de 70 famílias. Os acolhidos no Lar da Criança Henrique Liebich foram transferidos, nesse mês, para o Lar Bom Abrigo e para a AFIM, que é a Associação Filantrópica Monte Moriá. Ficaram apenas cinco adolescentes prestes a completar 18 anos, que já poderão ser liberados.

Confira a carta aberta à comunidade divulgada pelo Lar Henrique Liebich:

A Associação Batista de Beneficência Tabea, organização privada de caráter filantrópico, com atuação na promoção da dignidade humana, do desenvolvimento social e dos direitos humanos, vem informar a reestruturação de sua filial, Lar da Criança Henrique Liebich, instituição com sede em Ijuí/RS:
?

O Lar da Criança atua na região Noroeste do Rio Grande do Sul há mais de 50 anos. Fundado por Henrique e Frida Liebich, com uma visão de cuidado integral, a Instituição passou a atuar no acolhimento de crianças e adolescentes em situação de risco e vulnerabilidade social, grande necessidade na época. Ao longo de sua trajetória acolheu, cuidou e mudou a perspectiva de vida de mais de 800 crianças e adolescentes, promovendo forte impacto social.

Em 2008 passou a atuar também no segmento socioeducativo, através do Núcleo Social de Ijuí, para atendimento de crianças e adolescentes no contraturno escolar com objetivo de promover a inclusão social e o fortalecimento dos vínculos familiares, tendo em vista as necessidades atuais da comunidade em que atua.
 

No aspecto legal, as exigências para a manutenção do serviço de acolhimento, apesar de necessárias, contribuíram para a tomada da decisão de reestruturação do Lar. A redução do período de acolhimento definido pela legislação e a ênfase na preservação do núcleo familiar, desencadearam a significativa redução do número de acolhidos, deixando ociosa grande parte da estrutura física da Instituição sem, contudo, reduzir proporcionalmente seus altos custos de manutenção e conservação.
 

Se por um lado, ano após ano, a quantidade de acolhidos vem diminuindo, chegando a 12 no final de 2017, o número de atendidos através do Núcleo Social tem aumentado consideravelmente, com 96 crianças e adolescentes matriculados, que representa o apoio direto a mais de 70 famílias. Frente aos novos desafios e demandas sociais que tomam vulto pelas próprias mudanças que ocorrem nos núcleos familiares e na sociedade brasileira, entende-se que o Lar da Criança precisa, também, promover mudanças e redirecionamentos para atender e contribuir com a manutenção da qualidade de vida e a promoção da dignidade humana na comunidade onde atua.

Desta forma, em assembleia extraordinária realizada no dia 18 de agosto de 2017 a Associação Batista de Beneficência Tabea decidiu pelo encerramento do programa de acolhimento institucional do Lar da Criança Henrique Liebich. A Instituição continuará o atendimento socioeducativo através do Núcleo Social e desenvolverá novos programas e projetos que venham ao encontro das demandas sociais destes novos tempos.
 

A Associação Batista de Beneficência Tabea, no cumprimento de sua missão, manifesta sua imensa gratidão a todos que contribuíram com o programa de acolhimento do Lar da Criança ao longo destas décadas e conta com a continuidade do apoio para a manutenção do Núcleo Social e para a implantação de novos programas de atendimento para que a Instituição Henrique Liebich continue exercendo seu papel de grande relevância social em Ijuí e região.
 

Ijuí, 09 de fevereiro de 2018.
 

Mauro Härter

Associação Batista de Beneficência Tabea

Presidente

 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!