Busca rápidaX

Latrocínios reduzem quase 90% no Estado em março

8 de abril de 2020

Uma queda de 87,5% nos crimes de latrocínio no Estado foi registrada no mês de março em comparação com o mesmo período do ano passado, ou seja, uma redução de 8 para 1. Os números foram divulgados nesta quarta-feira (08) em balanço da Secretária Estadual da Segurança Pública.

Na prática, significa também o registro do menor número para o período em toda série histórica, desde 2002. Em relação ao primeiro trimestre do ano comparado com os três primeiros meses de 2019, a queda foi de 33,3% – de 21 para 14 casos. Numa avaliação da Chefe de Polícia, delegada Nadine Tagliari Farias Anflor, o Programa RS Seguro é um dos principais responsáveis pela melhora nos índices criminais. A investida do governo tem como alvo os 18 municípios mais violentos do Estado, onde órgãos da segurança pública recebem investimentos diferenciados e realizam ações para combater o avanço da violência. “A Capital, que é uma das cidades que integra o grupo, registrou 1 roubo seguido de morte desde o início do ano até  março”, pontua ela. “O fato ocorrido em fevereiro fez o trimestre fechar em queda de 50% no número de casos comparado ao mesmo período do ano passado”, conclui. Outros municípios que integram o grupo, como Caxias do Sul e Pelotas, com 2 e 1 casos, respectivamente, em março de 2019, zeraram a prática desse crime em março de 2020.

Outros crimes

Mas a queda não foi apenas para latrocínio. Roubos a pedestres reduziram 20% em março desse ano em todo o Rio Grande do Sul – de 4.115 para 3.294. Só na Capital foi de 18%, com 1.824 casos em 2019 e 1.497 em 2020. Roubo de veículos, por outro lado, diminuiu de 957 para 858 em todo o Estado no mesmo mês. Porto Alegre representa 75 das quase 100 a menos. “As medidas de restrição de circulação de pessoas em função do Coronavírus ajudaram, mesmo que só nos últimos dias do mês, a reduzir esses números”, reflete Nadine.

Melhora nos índices também foi registrada nos crimes de homicídio,  quando analisado o primeiro trimestre do ano. Na comparação com o mesmo período de 2019, a queda foi de 12,5%. Só em março, no entanto, o número permaneceu estável – de 146 pessoas assassinadas em 2019, para 145 em 2020. Casos de feminicídios também não apresentaram mudanças, com 11 casos em cada ano analisado.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Polícia Civil RS

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!