Busca rápidaX

MANCHETES

Legislativo de Santo Ângelo destaca importância da agricultura familiar e convida para café colonial

6 de abril de 2018
O Presidente da Câmara de Vereadores de Santo Ângelo, Everaldo de Oliveira, recebeu nesta quinta-feira, 05, lideranças ligadas às atividades da agricultura familiar no município. Na ocasião, a Presidente da Associação dos Produtores de Hortifrutigranjeiros de Santo Ângelo, Ana Paula de Moura, juntamente com o presidente da Associação dos Produtores de Peixe, Alessandro Pepe e com o coordenador das Agroindústrias, Diomar Formenton, fez a entrega do convite para a 6º edição Café Colonial Missioneiro, a ser realizado no dia 14?, ? a partir das 7 horas.

 
O Café Colonial acontece sempre no segundo sábado de cada mês, no Pavilhão de Hortifrutigranjeiros da Avenida Venâncio Aires. No mesmo espaço funciona a Feira da Agroindústria Familiar, a qual atualmente conta com 14 expositores que ?comercializam uma variedade de produtos como pães, cucas, queijos, geleias e embutidos. Outro destaque da Feira é a ? venda ?de peixes “in natura”, colocados à disposição da comunidade através da Associação dos Produtores de Peixe de Santo Ângelo (APROPESA).

 
FORTALECIMENTO DA AGRICULTURA FAMILIAR

De sua parte, o Presidente da Casa Legislativa colocou o parlamento à disposição das Associações e entidades, destacando a importância da realização de eventos que fortalecem o trabalho do pequeno agricultor rural?: ?“Nos, representantes da comunidade, temos o dever de apoiar eventos que geram renda e oportunidade de crescimento aos agricultores do município. Além disso, entendemos que essas iniciativas impulsionam o turismo e a economia local, portanto, toda nossa comunidade ?acaba sendo beneficiada? direta ou indiretamente”, reiterou Everaldo.

 
Aproveitando a ocasião, as lideranças debateram sobre a efetivação de demais projetos que visam despertar no consumidor a preferência pela aquisição ?de produtos coloniais. “Estamos trabalhando para que a comunidade retome o hábito de adquirir produtos coloniais, o que vai resultar em desenvolvimento, saúde e valorização do homem do campo”, ?acrescentou o coordenador das Agroindústrias da Secretaria Municipal da Agricultura, Diomar Formenton.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!