Busca rápidaX

MANCHETES

Levantamento do núcleo do Cpers de Ijuí aponta várias escolas em greve na região

18 de novembro de 2019
Greve na escola da Penha de Ijuí

Esta segunda-feira, 18, foi de incerteza para alunos e professores da Rede Estadual de Ensino. O Sindicato dos Professores Estaduais do Rio Grande do Sul, Cpers, convocou greve em resposta às reformas propostas pelo governador Eduardo Leite sobre o plano de carreira dos funcionários estaduais e que afeta diretamente os professores.

De acordo com a diretora do trigésimo primeiro núcleo regional do Cpers, com sede em Ijuí, Terezinha Melo, a regional abrange 60 escolas, das quais 15 aderiram totalmente e estão paradas,  e em outras 27 há alguns grevistas. A equipe da RPI fez levantamento entre as maiores escolas da cidade.

Paralisação na escola Osvaldo Aranha de Ijuí

Por enquanto, a informação repassada pelos educandários é de que a escola 25 de julho vai aderir à greve a partir de amanhã. A escola Otávio Caruso Brochado da Rosa, o CIEP, não terá aulas no turno da manhã a partir desta terça-feira,por uma semana. O turno da tarde terá atividades normais. Ainda não ficou confirmada a adesão do curso técnico, que tem aulas a noite.

No Instituto Estadual de Educação Guilherme Clemente Koehler, conhecido como Polivalente, parte dos educadores aderiram à paralisação. A Escola Estadual de Ensino Fundamental Rui Barbosa, Ruizinho, também definiu adesão no turno da manhã, portanto, nesta terça de manhã não haverá aula.

A Escola Estadual de Ensino Médio Ruy Barbosa, Ruyzão, vai paralisar as aulas por uma semana. Na próxima segunda-feira, uma reunião está programada para definir se a greve continua. Na Escola São Geraldo a adesão dos professores é parcial. Hoje, às 19 horas haverá reunião geral para definir o cancelamento ou não das aulas.

Já a escola Ijuizinho decidiu aderir à greve. Na próxima segunda-feira, professores e funcionários voltam a se reunir para acertar se continuam ou não paralisados. Ainda em Ijuí, nas escolas Osvaldo Aranha e Penha também ocorre greve. Pela região, as escolas estaduais de Joia, Catuípe, Pejuçara e Augusto Pestana ainda promovem reuniões para definir se os professores participam ou não da paralisação.

Em Catuípe, as escolas Barão do Rio Branco e Colégio Estadual Catuípe realizam encontro com os profissionais hoje a noite para discutir sobre a greve. Em Joia a direção da Escola Estadual Antônio Mastella disse que está conversando com os professores para definir a participação no movimento. Em todas os educandários hoje, o funcionamento foi normal. Na escola estadual João Carlini, de Ajuricaba, a greve é praticamente total. Apenas um funcionário que atua por meio de contrato emergencial segue no trabalho. 

Nesta terça-feira, o trigésimo primeiro Núcleo Regional do Cpers terá encontro na Praça da República, a partir das 8h30min onde devem realizar a organização do comando da greve. Já na quarta-feira, a presidente do Cpers, Helenir Aguiar Schurer estará em Ijuí. Neste dia será realizado um ato regional com a participação dos educandários de abrangência do núcleo. A programação do ato regional será definida amanhã.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!