Busca rápidaX

MANCHETES

Liberada licença que autoriza início da instalação da primeira usina em Augusto Pestana

24 de setembro de 2021

A primeira usina hidrelétrica do município de Augusto Pestana começa a sair do papel para tornar-se realidade. Isso porque a Central Geradora Hidrelétrica (CGH) Augusto Pestana recebeu na sexta-feira, 24, a autorização para início das obras, a partir da emissão por parte da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (FEPAM), da Licença Prévia e de Instalação Unificada (LPI) número 160/21.

O projeto pertence a empresa CGH Augusto Pestana Arroio Bonito Geração e Comércio de Energia Elétrica LTDA, cujos ativos pertencem integralmente à Ceriluz Geração. Com a licença em mãos, o primeiro passo será a aquisição dos equipamentos que formam o conjunto de geração, incluindo turbina e gerador. A obra física deve começar no início de 2022 com previsão de conclusão até o mês de dezembro do próximo ano.

A usina será instalada no Distrito de Arroio Bonito, nos fundos do Parque de Exposições Alfredo Schimidt, e vai utilizar a vazão do Rio Conceição para geração de energia. Ela contará com uma turbina com capacidade de geração de 1,4 Megawatts (MW) e a área do lago será de cinco hectares, praticamente todo na calha do próprio rio, com baixo impacto no meio ambiente e para os moradores locais.

A implantação do projeto contará com o apoio do Badesul, banco de fomento vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Rio Grande do Sul. A parceria entre a cooperativa e o agente financeiro foi formalizada no dia 09 de setembro, em Esteio, por ocasião da 44ª Expointer, onde o presidente da Ceriluz, Iloir de Pauli, e o diretor secretário, Sandro Lorenzoni, participaram de ato de assinatura de protocolo de intenções para financiamento do projeto, no valor de R$12 milhões. Estiveram presentes na solenidade, o secretário de Desenvolvimento Econômico do RS, Edson Brum, o presidente do Badesul, Odacir Klein, a vice-presidente, Jeanette Lontra, o diretor de Operações e Inovação, Flávio Lammel e o diretor financeiro, Kalil Sehbe Neto.

Além da CGH Augusto Pestana, um segundo projeto pertencente ao Grupo Ceriluz para aquele município tramita na Fepam: a CGH Ponte Nova, no Distrito de Rincão do Progresso, cuja capacidade instalada será de 1,3 MW.

 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Radio Progresso de Ijuí e Ceriluz
error: Conteúdo protegido!