Busca rápidaX

MANCHETES

Litoral do RS registra quase 80 mil casos de banhistas feridos por água-viva neste verão

2 de fevereiro de 2019

Inimigas dos banhistas, as águas-vivas já provocaram pelo menos 79.829 casos de ferimentos na temporada 2018/2019. Os números referentes a todo o litoral gaúcho são contabilizados desde 15 de dezembro, quando iniciou a Operação Verão. Em média, são registrados 1,6 mil casos de ferimentos por dia — fora os que não são informados pelos banhistas.

O levantamento é feito desde a última temporada. No verão 2017/2018, foram 192.111 casos. Segundo o comandante da Operação Verão, tenente-coronel Jefferson Ecco, o período atual segue a média do último ano:

— Não consideramos algo grave, porque ninguém morre ou fica gravemente ferido, mas é algo que incomoda a todos. Chama atenção que, na virada do ano, chegou a 3 mil casos por dia. É algo que não tínhamos a mínima ideia até começarmos a contabilizar.

Na sexta-feira (1º), os banhistas foram surpreendidos com mar cristalino e calmo e com temperatura da água acima do normal. Os números não mostraram aumento dos casos de água-viva: foram 1.809 na sexta, semelhante a outros dias da mesma semana.

— Não notamos que este mar atraiu mais águas-vivas. E este mar vai durar pouco tempo, porque entra uma frente fria neste sábado que deve deixar as águas mais agitadas — acrescentou o comandante.

A orientação é de que, caso o banhista seja ferido, coloque compressas de vinagre sobre o ferimento — muitos salva-vidas, inclusive, mantêm sprays com vinagre nas guaritas. Água doce e areia não devem ser utilizadas.

Compartilhar
  • 100
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    100
    Shares
Fonte: GZH.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!