Busca rápidaX

MANCHETES

Médica cubana deixa de atuar em Eugênio de Castro e município fica com apenas um médico no ambulatório

23 de novembro de 2018

O município de Eugênio de Castro contava com uma médica cubana que trabalha através do programa Mais Médicos. Porém, nesta semana a profissional deixou de atender, após decisão do governo de Cuba de sair do programa Mais Médicos, por não concordar com declarações do presidente eleito brasileiro, Jair Bolsonaro.

Segundo o prefeito, Jaime Zweigle, a médica cubana deixou de trabalhar quarta-feira e agora Eugênio de Castro conta com apenas um médico, que atua 20 horas, no ambulatório municipal. Disse que a prefeitura vai aguardar até a próxima semana para analisar os desdobramentos, até pelo anúncio do governo brasileiro de selecionar novos médicos para suprir a falta dos cubanos.

Jaime Zweigle ainda frisou que a médica de Cuba que trabalhava em Eugênio de Castro casou e, dessa forma, reside no município, por isso, é preciso esperar se ela, talvez, possa seguir com atuação profissional em Eugênio de Castro.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!