Busca rápidaX

Medicamentos distribuidos pelo Estado serão terceirizados

14 de julho de 2017
A Secretaria de Saúde vai abrir licitação para a escolha de empresa de logística que ficará responsável pelo recebimento, armazenamento e distribuição dos remédios. Para o Secretário Estadual de Saúde, João Gabbardo dos Reis, o fato é uma solução para diversos problemas. Para ele, a atual metodologia contribui para falhas e desabastecimentos.

Um edital será lançado nas próximas semanas para a escolha de uma empresa com experiencia no serviço. "A vencedora ficará responsável pelo recebimento, armazenamento e distribuição dos remédios que são de responsabilidade da secretaria" detalha Gabbardo.

Atualmente um dos um dos gargalos do atual sistema é o espaço do centro de armazenagem da SES, localizado em um prédio da Avenida Ipiranga, em Porto Alegre. São 3 mil metros quadrados para a estocagem de remédios, em meio a goteiras, infiltrações e climatização precária. "Temos que organizar as entregas, pois não temos como receber dois caminhões ao mesmo tempo. Além disso, já perdemos caixas de medicação por terem passado da data de validade. Isso porque foram distribuídos lotes de forma errada, por falta de tecnologia e gestão" observa o secretário.   

Um dos itens que será exigido no edital é que a empresa vencedora tenha um local de armazenagem com 10 mil metros quadrados, além de climatização adequada para o resfriamento dos produtos. Nesta semana, portadores de HIV estão sofrendo com a falta ou fracionamento do coquetel contra a doença. Pacientes de diversas regiões do Estado estão recebendo a medicação de forma parcelada. E um dos motivos para isso, segundo Gabbardo, é a dificuldade de armazenagem e logística.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!