Busca rápidaX

MANCHETES

Médico alerta que sintomas de ansiedade e depressão podem aparecer em meio ao isolamento social

28 de março de 2020

 Em tempos de Pandemia, isolamento social, dentre outras medidas restritivas adotadas pelos Governos, é natural que a sociedade sinta-se mais ansiosa que o normal. Por vezes, alguns transtornos psicológicos até mais graves podem aparecer como: depressão e síndromes de pânico.

 Sobre esses temas o Médico Cassiano Dei Ricardi da Rosa, Psiquiatra, alerta que as pessoas devem buscar alguma distração mesmo dentro de casa,e que não deixem as notícias sobre a Pandemia afetar a sua vida a ponto de gerar pânico. Outro ponto importante a ser trabalhado, neste período de isolamento, é a solidão. Conforme o Médico, existem muitas pessoas que vivem sozinhas e, neste momento, por fazer parte de um grupo de risco, não podem deixar as suas casas nem mesmo para ir ao supermercado, afetando sobre maneira o seu lado psicológico. Em momentos como este, é necessária a sensibilidade de amigos, vizinhos ou parentes próximos para auxiliar a pessoa em ações básicas do dia a dia.

 Cassiano orienta ainda determinar um momento do dia para boas distrações. Ver um filme, ler um livro ou ouvir música, são algumas sugestões. Mesmo quem continua trabalhando em casa, precisa se desligar dos fatos negativos em algum momento do dia. Cassiano Dei Ricardi da Rosa acredita que os consultórios psiquiátricos e psicológicos devem registrar um aumento de pacientes no decorrer dos dias, devido ao medo causado pela Pandemia. O Profissional alerta ainda que as pessoas não deixem de buscar ajuda, caso surjam sintomas característicos de ansiedade e depressão.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!