Busca rápidaX

MANCHETES

Menino de 3 anos que morreu afogado em Florianópolis teria caído em piscina de pousada; pais não teriam visto

15 de setembro de 2017
O menino de 3 anos que morreu afogado na tarde de quinta-feira (14) em Florianópolis teria caído na piscina, conforme os bombeiros e a gerência da pousada onde ocorreu o acidente. A equipe do local e os bombeiros tentaram reanimar a criança, mas ela não resistiu. O caso ocorreu por volta das 16h30 em uma pousada da Lagoa da Conceição.

A suspeita é que ele tenha caído na piscina de adulto, que tem entre 1,2 m e 1,5 metros de profundidade, conforme informado pelos bombeiros. Não se sabe exatamente por quantos minutos o menino ficou submerso. Ele não usava boias ou salva-vidas, segundo os bombeiros.

Queda na piscina
Somente a família estava na área da piscina. Conforme a gerência, o menino brincava na piscina infantil enquanto a mãe estava na espreguiçadeira. O pai teria saído para ir ao banheiro.

A mãe informou que "apagou" e que quando acordou o menino já estava submerso. Ainda segundo a pousada, quando a mulher viu o filho na água começou a gritar e todos correram para área da piscina. O pai mergulhou e tirou o menino da água.

A equipe do hotel tentou reanimar o menino com massagens cardíacas até a chegada dos bombeiros, que continuaram a tentativa de reanimação cardiorrespiratória por mais 65 minutos.

Já a versão ouvida pelo bombeiros durante o socorro sobre o afogamento é que o pai estava com o filho no parquinho. Ele teria saído para ir ao banheiro e quando voltou não viu o menino. Enquanto procurava a criança a encontrou submersa na piscina.

A pousada informou que não possui parquinho e sim balanço fora da área da piscina e que tanto a mãe quanto o pai contaram à adminsitração a primeira versão do ocorrido.

Fatalidade
A gerência da Pousada Ilha da Magia informou que possui todas as placas de sinalização e os itens de segurança exigidos pelos bombeiros, que o ocorrido foi uma fatalidade e que está prestando todo apoio à família de Curitiba (PR), que até a manhã desta sexta (15) continuava no local.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!