Busca rápidaX

Merkel pede que alemães “fiquem em casa” e Espanha declara estado de emergência

25 de outubro de 2020

A chanceler federal Angela Merkel pediu neste sábado (24/10) para que os alemães “fiquem em casa sempre que possível” e reduzam seus contatos sociais ao mínimo como forma de frear o avanço da pandemia.

O pedido foi feito após o país registrar um novo recorde de infecções diárias e o número de mortes por covid-19 ter ultrapassado a marca de 10 mil.

Já na Espanha, a explosão no número de casos de coronavírus levou neste domingo (25/10) o presidente do governo (premiê) da Espanha, Pedro Sánchez, a declarar estado de emergência em território nacional. É a segunda vez que a medida é tomada desde o início da pandemia no país.

O governo quer que o estado de emergência dure até o início de maio e estabeleceu toque de recolher entre as 23h e 6h da manhã. Os estados, porém, terão liberdade para decidir a faixa de horário em que será proibido sair à rua de noite.

“A realidade é que a Europa e a Espanha estão imersas na segunda onda da pandemia”, afirmou o premiê em discurso em rede nacional. “A situação que estamos enfrentando é extrema.”

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: DW.
error: Conteúdo protegido!