Busca rápidaX

MANCHETES

Mesmo com ‘Dia D’ procura pela vacina contra a gripe Influenza segue baixa em Ijuí

2 de junho de 2020
Brasília - O Ministério da Saúde promove o Dia D de Vacinação contra a gripe em postos de todo o País. A expectativa é imunizar, até o próximo dia 26, cerca de 90% das 54,2 milhões de pessoas que estão no público-alvo da campanha. (Marcello Casal Jr/AgenciaBrasil)

A campanha de vacinação contra a gripe influenza foi prorrogada até o dia 30 de junho no Rio Grande do Sul. A ação ocorre porque o estado não atingiu a meta de vacinar 90% dos grupos prioritários.

Em Ijuí, a Secretaria Municipal de Saúde continua preocupada com a baixa procura pela dose, principalmente no grupo de risco que inclui crianças de seis meses a menores de seis anos, pessoas com deficiência, gestantes e puérperas até 45 dias.

No último sábado aconteceu em Ijuí o ‘Dia D’ de vacinação, com o objetivo de garantir a dose às pessoas que não podem ir até os postos durante a semana, porém, segundo a enfermeira responsável pelo setor de Imunizações, Salester Ruver, foram aplicadas apenas 310 vacinas, o que é considerado um número muito baixo.

Em todo estado do Rio Grande do Sul, até agora foram vacinadas pouco mais de 66,42 % da população, o que representa cerca de 3,3 milhões de pessoas, de um total estimado de 5 milhões.

A vacina não protege contra o coronavírus, mas pode ajudar no diagnóstico por eliminação das pessoas com suspeitas da Covid-19, já que as doenças contempladas pela vacina serão descartadas na tiragem de pacientes que forem às unidades de saúde com sintomas gripais e informarem já ter sido imunizados.

Em Ijuí, a Secretaria Municipal de Saúde segue o apelo principalmente aos grupos prioritários. A vacina segue até o dia 30 aos seguintes grupos:

  • pessoas de 60 anos ou mais

  • trabalhadores da saúde

  • profissionais das forças de segurança e salvamento

  • pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais

  • adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas

  • população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional

  • caminhoneiros

  • motoristas e cobradores de transporte coletivo

  • portuários

  • povos indígenas

  • crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade

  • pessoas com deficiência, gestantes e puérperas até 45 dias

  • adultos de 55 a 59 anos de idade

  • professores das escolas públicas e privadas.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!