Busca rápidaX

Ministério da Saúde reduz intervalo de aplicação da vacina da Pfizer

18 de agosto de 2021

Diante do cenário atual que o Brasil vive no que se refere a pandemia da Covid-19, é necessário que o País passe a diminuir o intervalo entre as doses da vacina Pfizer. A constatação é do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Em entrevista coletiva, Queiroga afirmou que o Brasil ainda não pode comemorar porque a média de mortes diárias ainda é alta, mas acredita que as políticas públicas estão contribuindo na melhora do cenário. “Conseguimos alterar o intervalo das doses da Pfizer. A bula autoriza 21 dias de intervalo. Assim, conseguiremos completar mais rapidamente” afirmou o ministro. Além disso, na entrevista coletiva, Queiroga falou sobre a distribuição de vacinas e deixou claro que a prioridade é terminar a imunização de adultos para depois vacinar adolescentes. “As doses não são para adolescentes. Como vou vacinar em um estado adolescentes e em outros estamos nos 30 anos? Temos de fazer a vacinação de maneira equânime. Os lugares que já terminaram a população acima dos 18 anos continuarão a receber as doses de vacinas para a segunda dose”, concluiu o ministro.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!