Busca rápidaX

Motorista de transporte escolar é afastado por denúncia de assédio em Catuípe

10 de julho de 2018

Os Desembargadores da 8ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça gaúcho, por unanimidade, confirmaram a sentença que afastou um motorista de transporte escolar no município de Catuípe. Houve denúncias de que ele constrangia crianças e adolescentes no trajeto entre a casa e a escola, o que pode se enquadrar como assédio sexual.

O Ministério Público tinha ajuizado ação civil pública contra o Município de Catuípe para afastar o réu da função de motorista de transporte escolar e remanejá-lo para outra função. A Justiça se baseou em depoimentos de alunas. Uma das meninas teria afirmado que o motorista passava a mão na perna dela e havia pedido para falar com ela em particular.

Ainda ocorreu denúncia era de que ele batia nas nádegas de uma das estudantes. A prefeitura de Catuípe contestou a acusação e disse que os relatos eram inverídicos. Porém, mudou o motorista de itinerário e depois transferiu o servidor para outra secretaria municipal.

Compartilhar
  • 81
  •  
  •  
  •  
  •  
    81
    Shares
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí e TJ

Deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!