Busca rápidaX

MANCHETES

Homem de 28 anos morre ao passar por local onde policiais e criminosos trocavam tiros em Marau

20 de abril de 2020
Um tiroteio entre policiais que tentavam recuperar um carro roubado e assaltantes deixou um motorista morto, na manhã deste domingo (19), na RS-324, em Marau. A vítima passava pela rodovia e ficou  na linha de tiro entre os agentes e os criminosos. Trata-se de um homem de 28 anos, identificado como Gustavo dos Santos Amaral, de 28 anos. Ele era engenheiro eletricista, formado pela Universidade Federal de Santa Maria, onde residia atualmente. Segundo relato do irmão da vítima, eles estavam em Marau para montar o transformador de uma empresa. 

Segundo a Brigada Militar, tudo começou ainda no sábado, no município de Casca, quando uma caminhonete Amarok foi roubada. Na manhã de domingo, um policial de folga viu o veículo na rodovia e avisou os colegas. Uma barreira foi montada na estrada, onde aconteceu o tiroteio. 
Conforme o comandante da BM em Marau, Sérgio Pagliarini, os criminosos primeiro bateram no carro da vítima. Depois, desceram do veículo e trocaram tiros com os policiais. Foi nesse momento em que o motorista de outro carro, um Doblô, que não estava envolvido no crime nem era o alvo da abordagem, foi atingido. O comandante lamentou o fato e disse que um inquérito será aberto para apurar a conduta de todos e chegar a conclusão de como o fato ocorreu.
Uma perícia deve identificar de qual arma partiu o tiro que causou a morte do motorista. A Polícia Civil também vai abrir  investigação. Outras três pessoas estavam no veículo mas não ficaram feridas. 
Ainda conforme a BM, um dos assaltantes foi baleado e levado por agentes até um hospital. A corporação informou que ele era foragido. O outro suspeito foi preso.
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Gaúcha ZH