Busca rápidaX

MANCHETES

Mourão afirma que governo federal errou no combate às queimadas

29 de agosto de 2019

Em palestra para cerca de 400 empresários em Vitória (ES), o vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) afirmou que o governo cometeu erros para impedir as queimadas na Floresta Amazônica. “Cometemos erros, sim. Todos os anos nós sabemos que agosto, setembro e outubro são meses de seca e queimada. É igual 7 de setembro (Dia da Independência), a gente sabe que tem todo ano”, pontuou.

Ouça a declaração:

 

Conforme avaliou, compete aos entes governamentais coibir as ilegalidades cometidas por pessoas que trabalham no limite da fronteira entre a floresta e o cerrado seguindo conceitos antigos de uso do solo. “Ou seja, ele corta o mato, espera o mato secar, quando o mato secar ele toca fogo”, explicou.

Referindo-se a atividades de madeireiros, grileiros e garimpeiros como responsáveis por essas irregularidades, Mourão disse que cabe ao governo dar oportunidade para essas pessoas, caso contrário, “elas vão buscar um método de ganhar a vida”.

No entanto, Mourão aproveitou para responder críticas feitas ao Brasil no tocante à preservação do meio ambiente. “Temos que lembrar ao mundo que temos 2,6 milhões de km² de área protegida, é uma Europa inteira, somos o único país do mundo que tem isso”, destacou.

Já no contexto do econômico, para o vice, a “velha Europa” não tem mais para onde crescer e afirmou que agricultores franceses “estão emparedados” por causa da moderna agricultura brasileira que permite a colheita de até três safras por ano. “Para aqueles países, nós também somos uma China. Nós temos um mercado enorme e temos essa capacidade, terra, água, energia”.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Valor Econômico.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!