Busca rápidaX

Movimento sindical da agricultura familiar quer apoio da classe política da região contra mudanças na previdência

9 de fevereiro de 2017
O movimento sindical vinculado à agricultura familiar tenta sensibilizar o segmento político a fim de obter apoio para que a reforma da previdência social, gestada pelo governo federal, não seja tão ampla como o que está projetado. Terça-feira a regional da Federação dos Trabalhadores na Agricultura organizou encontro em Ijuí com prefeitos, vices, secretários municipais de agricultura e movimento social.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Ijuí, Carlos Karlisnki, observa que um dos objetivos é que os gestores municipais acionem os deputados federais dos respectivos partidos para que ouçam a população e não aprovem alterações tão drásticas na previdência, como aumento da idade para aposentadoria. Karlisnki enfatiza que praticamente todos são unanimes na opinião de que não pode haver reforma da previdência segundo o que está sendo comentado. Porém, dependendo do tipo de mudança as posições podem se alterar.

Ontem ocorreu mobilização em Ijuí sobre o tema, por intermédio da Ordem dos Advogados do Brasil e sindicatos. A participação de pessoas no ato realizado na praça da república não foi grande. Carlos Karlinski entende que a população não está se dando conta da complexidade das mudanças estipuladas do INSS, o que pode impactar em áreas como auxílios doença, invalidez e acidente de trabalho.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nas Redes

error: Conteúdo protegido!