Busca rápidaX

Mulher confessa ter matado marido em Tucunduva e alega legítima defesa

18 de julho de 2019

Uma mulher confessou ter matado o marido e foi presa em flagrante em Tucunduva, na madrugada desta quinta-feira (18). Segundo a delegada Josiane Froehlich, a mulher, de 39 anos, relatou que o companheiro tentou agredi-la, e então, ela se defendeu dando um golpe de faca nele.

A vítima foi identificada como Arlei Quatrin, de 47 anos. Após o fato, a mulher pediu socorro e contou o que tinha acontecido para a polícia. Ela foi autuada por homicídio doloso, quando há intenção de matar, com agravante qualificado, porque no entendimento da polícia, o motivo da morte foi fútil.

“Ela admitiu a autoria. Disse que haviam tido uma discussão, ele segurou ela pelos braços e a facada foi para se defender. Mesmo tendo alegado legítima defesa, teve um excesso, porque tirou a vida”, explica a delegada.

A mulher foi levada ao Presídio de Santa Rosa. Ela não tinha antecedentes criminais. “Não identificamos a presença de antecedentes. Me pareceu uma situação por motivo fútil, houve uma discussão. Ela até relatou que eles tinham constantes e reiteradas discussões, mas não nos relatou qualquer registro. O casal não tinha filhos”, afirma a delegada.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: G1

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!