Busca rápidaX

Mulher morta a facadas pelo ex-companheiro em Santo Ângelo já havia pedido socorro

11 de novembro de 2021

A mulher de 49 anos, identificada como Jane Pereira da Luz, que morreu na noite de ontem (10) vítima de feminicídio em Santo Ângelo, já havia denunciado o ex-companheiro e pedido socorro a familiares. As informações são da titular da Delegacia da Mulher, delegada Elaine Maria da Silva.

Em entrevista à Rádio Sepé, a delegada detalhou o que já se sabe, até agora, a respeito do crime. Conforme ela, a ação ocorreu na casa do acusado, identificado como Arcindo Antunes da Rosa, de 58 anos, na rua Santos Dumont, no bairro Maria Ritter.

O casal viveu junto por seis anos e estava separado há algumas semanas. Segundo a delegada, há cerca de um mês, Jane registrou uma ocorrência e solicitou medidas protetivas contra o ex-companheiro. Contudo, a mulher não quis representar criminalmente contra ele e, por isso, o inquérito não foi instaurado na época.

Atualmente, a vítima vivia com familiares, mas a suspeita é de que ontem o homem teria levado a mulher até a sua residência. As circunstâncias do porque ela se encontrava na casa do agressor ainda serão investigadas.

Já no fim da tarde de ontem, conforme a titular da delegacia, Jane teria pedido socorro a um familiar, avisando que seria morta pelo ex-companheiro. Quando os familiares chegaram na casa do acusado, encontraram o portão e a porta trancados. Eles quebraram um vidro da casa e visualizaram a cena do crime. No momento, o criminoso já arrastava a vítima ferida para a sala.

Durante a ação, mais vizinhos chegaram e tentaram arrombar a casa. Em seguida, a Brigada Militar compareceu no local e encontrou a vítima no sofá, com ferimentos graves, e o acusado na cozinha, com alguns ferimentos de faca.

Em seguida o Samu chegou e constatou o óbito de Jane. O homem foi atendido e encaminhado ao Hospital Santo Ângelo, onde encontra-se custodiado pela BM. Seu estado de saúde é estável e em breve deve ser encaminhado ao sistema penitenciário.

Segundo a delegada, será instaurado o inquérito do crime e todo o fato segue sendo investigado. Este é o segundo feminicídio de 2021 em Santo Ângelo.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!