Busca rápidaX

MANCHETES

Mulher natural de Cruz Alta é morta em Goiás e suspeita recai sobre o filho

12 de abril de 2018
Silvia Aparecida Barcelos Murussi Frizon, 41 anos, natural de Cruz Alta, foi morta a facadas numa casa, ontem, 11, em Goiânia, capital de Goiás, onde residia. O suspeito é o filho dela, de 19 anos. Uma possível motivação trata de que o jovem queria o dinheiro de alugueis que a mãe recebia. Vizinhos relataram que as discussões entre ambos eram constantes.  
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!