Busca rápidaX

Município cadastra atingidos pelo temporal para pedir ajuda ao Governo Federal

8 de setembro de 2021

Para conseguir atender a demanda de mais de 600 residências atingidas pelo temporal,  em Ijuí, a Prefeitura dividiu a cidade em três áreas. A área um, que compreende a comunidade do Bairro Thomé de Souza e arredores, é a mais atingida. A área dois abrange o entorno da Escola Polivalente e a área três, menos atingida, é a que fica nos arredores da Secretaria de Desenvolvimento Social. 

O objetivo da divisão é organizar um cadastro de todas as famílias atingidas, para enviar um relatório completo ao Governo Federal, solicitando aporte financeiro e assim prover o material à população. É necessário que todas as pessoas atingidas compareçam na sede de cada área, considerando o local onde mora, para fazer o cadastro, das 10h às 15h desta quarta-feira, 08.

De acordo com o Prefeito Andrei Cossetin, essa organização é necessária, dado o estado de emergência. “Num primeiro momento vamos confiar na palavra da população, quanto ao que necessitam. Quando esse material chegar, aí sim será feita uma vistoria nas residências”.

Ainda segundo o prefeito, o executivo não tem recursos, nem material em estoque para fornecer todo o material necessário às famílias atingidas, por isso é necessário esperar o auxílio do Governo Federal. O tempo estimado para que este aporte chegue é de três a quatro dias.

O temporal que atingiu Ijuí na noite da segunda-feira, 05, durou apenas quatro minutos, mas danificou cerca de 600 residências e cinco escolas, além de destruir plantações. A Emater trabalha no levantamento do prejuízo nas lavouras. 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!