Busca rápidaX

Na avaliação de Beto Noronha, até agora governo de Andrei Cossetin está sendo ruim

6 de dezembro de 2021

O Vereador Adalberto Noronha, do Partido dos Trabalhadores, foi o primeiro a ser ouvido na Retrospectiva 2021 da Rádio Progresso. O objetivo é ouvir uma avaliação de todos os vereadores sobre o trabalho realizado em 2021, obedecendo a ordem alfabética para o cronograma de entrevistas.

Na manhã desta segunda-feira, 06, Beto Noronha disse que 2021 foi marcado por fiscalizações e iniciativas visando o bem comum. Na câmara, encaminhou diversos pedidos de providência, especialmente sobre pavimentação e problemas com iluminação pública. “Foi um ano de muito trabalho. Estamos fazendo a nossa parte na Câmara de Vereadores, articulando emendas, fiscalizando o trabalho do executivo e cobrando melhorias”, pontuou.

Em relação às emendas, Noronha explicou que já foram encaminhados, através do Deputado Federal Elvino Bohn Gass, mais de R$1 milhão em recursos para Ijuí. “Através do nosso Deputado Bohn Gass já injetamos mais de um milhão nos cofres do município, recursos disponíveis para que o executivo utilize em diversas frentes, como pavimentação, por exemplo”.

Beto Noronha falou ainda sobre um projeto apresentado por ele, aprovado e já em vigência em Ijuí: a proibição da utilização de fogos de artifício com ruídos sonoros. O vereador defendeu a estruturação de uma rede de fiscalização e a criação de um canal específico para denúncias. “O que estamos cobrando, especialmente com a chegada das festividades de final de ano. Este já era um problema na gestão anterior, que perdura até hoje. Não há um canal específico para denúncias, nem uma equipe para fiscalização”, pontuou.

O Vereador explicou que o objetivo principal do projeto é proteger autistas, idosos, portadores de enfermidades e animais, que sofrem com os ruídos produzidos com os fogos. “O objetivo é proteger essas pessoas, que são diretamente prejudicadas com os estampidos”, disse. 

Para o Vereador, até agora o mandato de Andrei Cossetin como Prefeito, iniciado em 1º de janeiro de 2021, está sendo “ruim”. Apresentado às opções “muito ruim, ruim, regular, bom ou ótimo”, o vereador classificou o trabalho desenvolvido pelo chefe do executivo como ruim, porque segundo ele, nada de efetivo foi feito. “Até agora o prefeito está fazendo o trabalho corriqueiro, arrumando uma rua aqui, um buraco ali… mas nada realmente significativo. Espero que com o recurso de R$35 milhões, mais o recurso deixado pela antiga administração em caixa, as obras iniciem”, finalizou.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!