Busca rápidaX

“Não existe reserva em cemitérios”, garante secretário Fábio Franzen

4 de outubro de 2021

Basta uma caminhada pelo Cemitério Jardim, em Ijuí, para vermos diversas placas no chão, com a inscrição “reservado”. Esta situação, que já motivou debates no legislativo, está sendo apurada através da Procuradoria do Município. Em entrevista à Rádio Progresso, o Secretário de Desenvolvimento Urbano, Obras e Trânsito, Fábio Franzen, explicou que as reservas são proibidas de acordo com a legislação do município.

“Precisamos deixar claro que as reservas são ilegais de acordo com a legislação municipal e estamos trabalhando nesta situação através da Procuradoria do Município. Estamos analisando caso a caso e, caso alguém que tenha feito reserva esteja com alguma dúvida, pode nos procurar, que conversaremos e analisaremos a situação”, disse. 

O Secretário explicou que no passado foram emitidas guias de pagamento, a partir das reservas, situações que aconteceram há dez, oito e cinco anos. “Estamos investigando, já que esta prática não aconteceu nesta administração e sim no passado. Algumas guias foram feitas em máquina de escrever, para se ter uma ideia”. 

Franzen disse ainda que algumas pessoas procuraram a secretaria para fazer a devolução das reservas adquiridas. A estimativa é de que haja pelo menos 40 espaços reservados, no entanto, não é possível estabelecer um dado concreto, já que há alguns espaços vagos entre túmulos ocupados. 

“A Secretaria está notificando as pessoas que constam como reservistas e analisando cada caso individualmente para que possamos dar uma resposta definitiva à comunidade”, pontuou Franzen. 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!