Busca rápidaX

MANCHETES

No dia do início da greve do magistério, Cpers regional participa de ato contra reforma da Previência Social em Ijuí

15 de março de 2017
Hoje é dia de mobilização contra a reforma da Previdência Social em todo o Brasil. Sindicatos e demais entidades se manifestam contra a forma como é organizada as alterações por parte do governo federal. Em Ijuí, o protesto reúne entidades como comerciários, Intersindical, Cpers, Associação dos Professores Municipais, 23ª subsecção da OAB, DCE da Unijuí, Associação dos Aposentados, Municipários, dentre outras.

A concentração ocorre na Praça da República desde a manhã, porém, também existe caminhada pela cidade. No final da tarde, por volta das 17 horas, deve ser realizada assembleia ampliada, também na praça central de Ijuí. Rosane Simon, integrante do Sindicato dos Comerciários de Ijuí, explica que no evento do final desta tarde o objetivo é organizar um documento para encaminhar ao Congresso Nacional e deputados gaúchos a fim de manifestar a contrariedade coma reforma da Previdência.

O movimento desta quarta-feira no país alega que não existe rombo na Previdência Social, como argumenta o governo federal. O problema é do dinheiro desviado em relação à arrecadação da Previdência, com renúncias fiscais na Seguridade Fiscal, dentre outras situações. Rosane Simon pede que municípios da região, o que inclui poderes Legislativos e Executivos, participam do ato nesta tarde em Ijuí. Segundo ela, se as mudanças na Previdência ocorrerem como quer o governo, com aumento de idade para aposentadoria, os municípios vão ser duramente castigados, pois economicamente muitos dependem bastante do dinheiro que gira dos aposentados.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!