Busca rápidaX

MANCHETES

‘Nossa situação é desesperadora’, diz profissional do transporte escolar particular de Ijuí

30 de setembro de 2020

Os trabalhadores do transporte escolar que prestam serviço particular em Ijuí seguem numa situação muito complicada devido à paralisação das atividades educacionais. O setor está desde Março, sem trabalhar. Neste tempo, os profissionais organizaram uma associação que vai representar a classe nos mais diversos assuntos. A intenção dessa associação é de organizar a classe para o transporte legal. O trabalho em conjunto serve como uma referência a comunidade para informações e reclamações, e também ajudará na parte de fiscalização do transporte clandestino

Conforme o Presidente da associação dos transportadores escolares privados de Ijui, Roger Freitas a situação é desesperadora. Cerca de 10 profissionais tiveram que desistir da profissão, e colocar o veículo a venda. Outros conseguem o sustento de sua família com outras atividades.

Freitas salienta que uma cesta básica é fornecida aos profissionais todos os meses pela prefeitura, mas não é o suficiente. “Consegui este benefício em reunião com o Prefeito”, relatou. Roger salienta que nenhuma linha de crédito foi disponibilizada pensando nos profissionais.

O auxílio, pago pelo Governo Federal, foi o único benefício conseguido por alguns profissionais. “Alguns colegas que são autônomos ou por não cumprirem todos requezitos não conseguiram”, salienta Roger.  Por fim, Roger esclarece que para o ano que vem a tendência é que faltem Vans para o transporte escolar, devido ao alto número de desistências. Outra questão levantada por ele é uma retomada com meia lotação o que seria totalmente inviável para a categoria.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!