Busca rápidaX

MANCHETES

Novo golpe imita número de telefone de agência bancária; Ijuienses relatam casos

21 de novembro de 2021

Estelionatários estão usando um novo truque para enganar clientes de bancos. Com uma ferramenta tecnológica, os golpistas imitam número telefônico da agência bancária e ligam para os correntistas para convencê-los de entregar a senha de transação financeira e, assim, desviam o dinheiro da conta bancária das vítimas.

Por trás do truque, há um programa de computador que consegue alterar o número telefônico enviado para o sistema de identificação de chamada. Em Ijuí, diversos ouvintes da Rádio Progresso relataram a tentativa de golpe. 

Levantamentos feitos pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos) mostram o crescimento de tentativas de várias modalidades de fraudes financeiras contra os brasileiros durante a crise da Covid-19. No período de quarentena, as instituições registraram aumento de 80% nas tentativas de ataques de phishing – que se inicia por meio de recebimento de e-mails que carregam vírus ou links e que direcionam o usuário a sites falsos, que, normalmente, possuem remetentes desconhecidos ou falsos.

A federação informa que os funcionários de bancos estão orientados a nunca solicitar senha do cliente por telefone ou em diálogos via WhatsApp.

o golpe

Veja como acontece:

1) O fraudador se apresenta como funcionário da sua agência ou do setor de prevenção de fraudes e informa que houve movimentações fraudulentas em sua conta.

2) Para convencer a vítima, o golpista utiliza um programa de computador que “imita” o número de uma agência bancária – dessa forma, o cliente acredita que a ligação realmente parte do banco onde tem conta.

3) Para a suposta regularização, ele pede para você fazer uma transferência ou TED para uma conta que ele informa durante o contato. Em alguns casos, ele solicita a senha ou token (chave eletrônica).

4) Quando você efetua a transferência, o dinheiro vai direto para o fraudador.

Os bancos nunca pedem para fazer transferências ou estornos em conta nem pedem senha ou chave eletrônica.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Diário da Região
error: Conteúdo protegido!