Busca rápidaX

Número 190 será o único de emergência para segurança no Rio Grande do Sul

20 de dezembro de 2018
Brigada Militar, Corpo de Bombeiros Militar e Polícia Civil terão atendimento telefônico unificado | Foto: Alina Souza

O conhecido número telefônico 190 será o único de emergência para atendimento da Brigada Militar, Corpo de Bombeiros Militar e Polícia Civil. O decreto de unificação dos serviços das três instituições foi assinado, entre outras medidas para a segurança pública, na manhã desta quinta-feira pelo governador José Ivo Sartori durante solenidade no Palácio Piratini, em Porto Alegre.

Um dos eixos estratégicos do Sistema de Segurança Integrada com Municípios (SIM/RS), o processo de implantação do 190 como telefone único será realizado em etapas. Os outros dois números de emergência conhecidos pela população — 193 e 197 — serão mantidos em uma primeira fase, mas serão recebidos em uma mesma central. A adoção do número único, pioneira no país, ocorrerá em um segundo momento.

O secretário Cezar Schirmer espera que futuramente faça parte o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) que atende atualmente pelo 192. “Aqui no RS temos dezenas de números para diferentes tipos de emergência o que obviamente é uma confusão e tem custos adicionais”, observou. “Queremos o SAMU”, enfatizou.

Durante a cerimônia foi apresentado o Plano Estratégico da Segurança Pública 2019-2029 que contempla uma política para a área nos próximos dez anos no RS. O documento será protocolado na Assembleia Legislativa para deliberação e votação do parlamento gaúcho no próximo ano. 

Houve ainda a assinatura do decreto que transforma o Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE) em Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE). Já as três unidades do Batalhão de Operações Especiais — 1ºBOE de Porto Alegre, 2ºBOE de Santa Maria e 3ºBOE de Passo Fundo — passam a chamar-se a partir de agora Batalhão de Polícia de Choque.

Compartilhar
  • 24
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    24
    Shares
Fonte: correiodopovo.com.br
error: Conteúdo protegido!