Busca rápidaX

Índice de infestação do mosquito transmissor da Dengue segue baixo em Ijuí

29 de setembro de 2019
Mosquito Aedes aegypti, responsável pela transmissão dos vírus da dengue, febre chikungunya e Zika

 O índice de infestação predial do Aedes Aegipty em Ijuí está em 0,16%. Conforme o coordenador da vigilância ambiental, Rinaldo Pezetta, o número vem baixando ao longo do ano. Em Janeiro era de 2,7%, Março 1,9% e em Agosto estava em 0,6%.  Ao falar com a reportagem da Rádio Progresso, Pezzetta informou que na primeira quinzena de janeiro de 2020 será desencadeada a primeira atividade para recolhimento de materiais  que podem servir de criadouros do mosquito. Antes, provavelmente em novembro desse ano, deve ser reativado o comitê intersetorial de combate ao aedes aegipty, composto por várias entidades.

 O município de Ijuí nos últimos anos, conseguiu diminuir os casos de Dengue. Dados repassados pela vigilância ambiental apontam que em 2010, quando o município enfrentou epidemia da doença, foram 2.910 casos confirmados. Após, os números caíram de forma considerável. Em 2011, 2014 e 2018 houve apenas um caso confirmado em cada ano.

 Em 2012 foram dois casos, 2013 – 17. 2015 – 8. 2017 nenhum e em 2019 são 92. A exceção ocorreu em 2016 quando o município de Ijuí registrou 345. Porém em 2016, o laboratório central do estado, não tinha verbas para realizar os exames por amostras, desta maneira o número pode ter sido menor.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!