Busca rápidaX

MANCHETES

OAB se posiciona em relação à reforma trabalhista

2 de Maio de 2017
A Ordem dos Advogados do Brasil solicita que o Governo Federal suspenda a tramitação do projeto que estabelece a reforma trabalhista, matéria que foi aprovada na quarta-feira passada pela Câmara dos Deputados e agora passa pela apreciação do Senado.

Em entrevista à Rádio Progresso, o advogado ijuiense Edmilson Michelon disse que a OAB quer mais debate sobre o tema. Segundo ele, a OAB entende que o projeto de reforma das leis trabalhistas afrontam a Constituição de 1988 e que nos últimos 30 anos houve equilíbrio social com a legislação existente.

A Ordem dos Advogados do Brasil ainda teme que a reforma trabalhista possa gerar muitos embates jurídicos. Edmilson Michelon destacou que estudos indicam que a Consolidação das Leis do Trabalho, mesmo criada há vários anos, já teve 85% de modernização. A OAB ainda é contrária à terceirização proposta pelo governo. 

A reforma trabalhista é uma das causas que levaram à manifestação, na última sexta-feira, de centrais sindicais em todo o Brasil. 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!