Busca rápidaX

Operação contra pornografia infantil prende cinco pessoas no RS

25 de julho de 2017
A ofensiva da Polícia Federal contra a pornografia infantil, realizada nesta terça-feira (25), terminou com quatro presos no Rio Grande do Sul. Quatro pessoas foram flagradas com arquivos de pornografia infantil, entre elas uma mulher. Há ainda um servidor público federal preso por possuir três revólveres e uma pistola sem registro válido. Ele não teve a identidade ou o local de trabalho revelados. A Operação Glasnost é realizada em 14 estados no país.

As cinco pessoas presas eram alvo das investigações. Seis mandados de busca e apreensão foram cumpridos. No caso do servidor, além do apartamento dele, a repartição onde atua foi alvo dos policiais. Em perícia preliminar, não foram encontrados com ele materiais pornográficos envolvendo crianças ou adolescentes. No entanto, computadores e outros materiais apreendidos serão analisados posteriormente e até mesmo arquivos apagados poderão ser recuperados.

A operação ocorreu em Porto Alegre, Alvorada, Viamão e Sapiranga. Os cinco presos encaminhados para a Superintendência da Polícia Federal, em Porto Alegre. Todos os casos permitem a liberação após o pagamento de fiança, ainda não definida.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!