Busca rápidaX

MANCHETES

Operação interestadual prende suspeito de participar da morte de enfermeira em Vista Alegre

14 de abril de 2020
Foto: Grupo Chiru/reprodução

Uma operação interestadual da Polícia Civil (PC) prendeu, na manhã de terça-feira (14), um homem suspeito de ter participado da morte da enfermeira Camila Centenaro, na linha Pereto, interior de Vista Alegre, no dia 27 de setembro de 2019. O indivíduo, de 29 anos, é ex-companheiro da vítima e foi localizado em Pinhalzinho (SC).

A prisão do suspeito atende um mandado de prisão preventiva, busca e apreensão, expedidos pela Comarca de Frederico Westphalen. A ação contou com a participação das Delegacias de Polícia (DPs) de Vista Alegre, Palmitinho e Frederico Westphalen, além de policiais civis da DP de Pinhalzinho.

Relembre o caso

Na noite do dia 27 de setembro de 2019, por volta das 20h, o veículo conduzido por Camila Centenaro foi encontrado por populares em chamas, na estrada da Linha Pereto, zona rural de Vista Alegre. A vítima foi socorrida por populares e encaminhada ao Hospital Santa Terezinha de Palmitinho, mas não resistiu e morreu.

A primeira suspeita era de que teria ocorrido um acidente de trânsito, mas a Polícia Civil passou a trabalhar também com a investigação de um possível homicídio.

Cinco meses após a morte da enfermeira, centenas de pessoas participaram de uma manifestação pacífica no entorno da Igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus de Vista Alegre, com o pedido de justiça e uma solução para o caso.

Camila tinha 31 anos quando morreu. Ela era enfermeira e trabalhava no Hospital Divina Providência de Frederico Westphalen. A jovem era também mãe de uma menina de 3 anos, na época do acidente.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí com informações O Alto Uruguai
error: Conteúdo protegido!