Busca rápidaX

Operação policial prende quatro pessoas em Tupanciretã e apreende drogas

24 de setembro de 2019

A Polícia Civil de Tupanciretã, sob coordenação do delegado Adriano de Rossi, deflagrou hoje pela manhã, 24, a operação “Bloodhound”. Até o momento foram cumpridos um mandado de busca e apreensão e dois mandados de prisão preventiva, bem como duas prisões em flagrante.

No bairro Gaúcho, os policiais apreenderam 358 gramas de maconha, além de 20 tijolos da mesma droga, pesando mais de um quilo, além de 160 tijolinhos de maconha, total de mais de meio quilo, 249 pedrinhas de crack já embaladas para venda, 62 pinos com cocaína, ainda 140 pinos vazios que seriam preenchidos com droga.

A operação em Tupanciretã também encontrou um caderno com anotações referentes ao tráfico de drogas, 35 munições calibre 38, dois revólveres do mesmo calibre, um deles com numeração raspada, R$ 575 em dinheiro falso e uma motocicleta.

Por outro lado, foram presos, preventivamente, dois homens, de 24 e 25 anos, suspeitos do homicídio ocorrido no dia primeiro deste mês. Eles são acusados de terem abordado a vítima na Avenida Padre Roque Gonzales e efetuado três disparos de arma de fogo.

A motivação seria em virtude de dívidas da compra de drogas. Os dois são naturais de Viamão. O homem de 25 anos não possui antecedentes policiais. Já o preso de 24 anos possui antecedentes por roubo majorado e porte ilegal de arma de fogo.

Além disso, os policiais civis prenderam, em flagrante, duas mulheres, de 19 e 28 anos, suspeita de tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. A mulher de 28 anos, proprietária da residência, é natural de Tupanciretã e possui antecedentes policiais por receptação.

Já a outra detida, de 19 anos, é natural de Porto Alegre e possui antecedentes policiais por injuria e vias de fato. Ela tinha chegado no último final de semana em Tupanciretã para ajudar na venda de drogas, segundo a Polícia. Os homens presos preventivamente também responderão pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. Os homens serão encaminhados ao presídio de Júlio de Castilhos e as mulheres para o presídio de Santa Maria.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí e PC

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!