Busca rápidaX

MANCHETES

Órgãos de saúde de Ijuí criam comitê para avaliar casos de coronavírus

13 de março de 2020

Uma reunião nesta manhã com os órgãos de saúde de Ijuí divulgou o plano de ação de combate ao coronavírus na cidade. Até o momento Ijuí tem apenas um caso suspeito de coronavírus, uma idosa de 76 anos que já está sendo monitorada.

Os pronunciamentos iniciaram com o secretário de saúde, Josias Pinheiro que falou que estão sendo seguidos todos os protocolos do Ministério da Saúde. O secretário ressaltou ainda que os órgãos de saúde se anteciparam e realizaram a compra de EPIS, equipamentos de proteção individual, como óculos, máscaras, álcool gel e outros necessários para que os profissionais da saúde utilizem. Josias destacou que esse não é um vírus que vai circular apenas durante 15 dias, mas sim 30, 60 dias ou mais.

João Zimmermman, coordenador 17ª Coordenadoria de saúde, este é um momento ímpar, de pandemia, mas não é necessário pânico. Segundo ele, nos últimos dias os profissionais da saúde de todos os municípios de abrangência da coordenadoria foram habilitados e munidos de informações e orientações sobre como detectar o coronavírus.

Edgar Mói, coordenador do SAMU, divulgou a criação de um comitê para organizar e orientar a população em casos suspeitos. A prioridade, segundo ele, é o atendimento por telefone, sem contato físico. Segundo Edgar, 5 famílias estão retornando da Itália e de Portugal nos próximos dias. Essas famílias serão monitoradas pelo comitê.

Mói reforça que todas as pessoas que estão em viagens ou que mantiveram contato com possíveis infectados devem entrar em contato com o comitê para que todas as orientações sejam fornecidas. Caso a pessoa que retorna de viagem não tenha nenhum sintoma, fica apenas em isolamento doméstico. Diariamente os profissionais da equipe capacitada mantém contato para saber sobre o aparecimento ou não de sintomas. A orientação é que essas pessoas não tenham nenhum tipo de contato, principalmente com crianças e idosos. Se esse contato for imprescindível fazer o uso da máscara é necessário.

Em situação da pessoa apresentar sintomas de coronavírus, o médico vai até a residência, com material e encaminha para o Lacen. De qualquer forma o paciente segue em isolamento domiciliar. Apenas casos de maior gravidade, com agravamento de sofrimento respiratório é que a pessoa será encaminhada ao isolamento hospitalar ou para a unidade de tratamento intensivo, UTI. Os contatos do comitê sentinela são 3331 8837 / 98451 1008 / 98451 1009.

Edgar Mói solicitou consciência e responsabilidade por parte da população. Segundo ele não é o momento de procurar unidades de saúde para fazer consultas que não sejam de extrema urgência e risco de morte. Em relação aos telefones, pediu a colaboração para que também só sejam contatados caso haja o real risco de que a pessoa esteja contaminada.

Todos os representantes dos órgãos de saúde pediram que se evitem viagens, aglomerações, lugares muito fechados com grande circulação de pessoas. Além disso os cumprimentos, beijos e compartilhamento de chimarrão devem ser evitados nesse momento.

Valdir Heck, prefeito de Ijuí, afirmou que esse é mais um desafio que o poder público enfrenta e que será necessária a colaboração de toda comunidade. Não está prevista nesse momento a contratação de novos profissionais da área da saúde, mas não está descartada essa possibilidade, caso a situação se agrave. Também não foi confirmado possível cancelamento de aulas. Conforme o secretário de saúde, Josias Pinheiro as avaliações e decisões são tomadas dia a dia frente a realidade que o coronavírus apresenta. No momento, pede calma à população.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!