Busca rápidaX

MANCHETES

Paranaenses deverão comprar trigo do RS após quebra de safra

20 de setembro de 2021

O Brasil deverá produzir menos trigo neste ano, visto perdas causadas em razão de problemas climáticos. O corretor de cereais, Índio Brasil, proprietário da empresa Solo Corretora de Cereais de Ijuí, ressalta que a tendência é que o Paraná tenha redução de 20% na produção devido às geadas. A perspectiva era de que o Estado produzisse 4 milhões de toneladas, mas vai ficar em cerca de 3 milhões e 200 mil toneladas.

O consumo anual de trigo no Paraná é de 3 milhões e 500 mil toneladas. Diante disso, a hipótese mais provável é que os paranaenses comprem cereal do Rio Grande do Sul e Argentina. Porém, o Rio Grande do Sul também deverá ter quebra no trigo, pois a planta sofreu com a falta de chuva no início da safra. Das 3 milhões e 800 mil toneladas projetadas, a perspectiva é que os produtores gaúchos colham entre 3 milhões e 3 milhões e 200 mil toneladas. Mesmo assim, no território gaúcho a expectativa é que a atual safra renda um milhão de toneladas a mais que 2020.

O consumo no Estado é de um milhão e 500 mil toneladas. O excedente deve ser vendido para moinhos de fora do Rio Grande do Sul e até para ração, visto o alto preço do milho. Segundo Índio Brasil, vai ser preciso esforço para a saca de trigo permanecer na cotação atual, que na região de Ijuí é vendida, no momento, com média de 80 reais e 4 centavos.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Radio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!