Busca rápidaX

Pardais devem voltar a funcionar em rodovias estaduais do RS

27 de abril de 2020

O retorno do funcionamento dos pardais nas rodovias estaduais se aproxima. Conforme o governo do estado, ainda nesta semana serão assinados os contratos com as empresas que venceram as licitações.

O primeiro vínculo será assinado com a Perkons. A empresa será responsável por instalar controladores que irão monitorar 68 faixas de tráfego em sete rodovias: RS-030, Osório – Tramandaí; RS-040, Viamão – Pinhal; RS-122, Portão – Caxias do Sul; RS-239, Novo Hamburgo – Rolante; RS-240, São Leopoldo – Montenegro; RS-389, Osório – Torres; e RSC-453, Venâncio Aires – Tainhas. 

A outra assinatura será realizada com a empresa Fiscal Tech. Ela irá instalar pardais que irão monitorar 25 faixas de tráfego em sete rodovias: RS-135, Passo Fundo – Erechim; RS-324, Passo Fundo – Nova Prata; RS-342, Ijuí – Cruz Alta; RS-153, Passo Fundo – Tio Hugo; RSC-287, Montenegro – Santa Maria; RSC-470, Nova Prata – Bento Gonçalves; e RS-122, São Vendelino – Farroupilha.

Depois desta etapa o governo gaúcho deverá dar a ordem de início dos contratos. A previsão é de que isso ocorra ainda nesta semana. A partir daí conta-se um prazo de dois meses para que as empresas façam a instalação e providenciem a aferição dos dispositivos pelo Inmetro. Desta forma, os controladores estarão em funcionamento até o fim de junho.

Conforme o secretário estadual dos Transportes Juvir Costella, o governo  determinou celeridade para que a assinatura dos contratos fosse realizada tão logo fossem resolvidas as etapas da licitação e os trâmites judiciais. 

Os locais já estão definidos no edital. Serão, aliás, nas mesmas regiões onde já funcionavam até julho de 2019. Logo, não é necessário realizar estudos a respeito, nem consultar o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM) sobre os pontos onde eles serão colocados.

Os contratos terão validade de dois anos podendo ser prorrogado por igual período. Eles também preveem a instalação de 25 câmeras de monitoramento e 25 dispositivos de leitor automático de placas nestas rodovias. Serão investidos R$ 5,8 milhões neste período. 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: GaúchaZH