Busca rápidaX

MANCHETES

Parte dos municípios da região de Ijuí pode manter regras mais brandas mesmo com bandeira vermelha

18 de agosto de 2020

Assim como a região de Ijuí, as regiões de Cruz Alta, Santa Rosa e Santo Ângelo passaram da bandeira laranja para a vermelha, ou seja, de alto risco para o novo coronavírus, através do sistema de distanciamento controlado do governo estadual. A nova rodada de bandeiras começa hoje e segue até a próxima segunda-feira. O anúncio ocorreu ontem à tarde. A região de Palmeira das Missões já está na bandeira vermelha e assim vai permanecer.

Com isso, essas demais regiões também devem ter mudanças em funcionamento do comércio e demais segmentos. A região 13, de Ijuí, é a primeira vez que vai para a bandeira vermelha. Mesmo em regiões de classificação vermelha, os municípios que não têm registro de óbito ou hospitalização de moradores por Covid-19 em relação aos últimos 14 dias, podem ter protocolos de bandeira inferior, ou seja, laranja.

Na região 13 poderão manter classificação laranja, pelo mencionado critério, os municípios de Ajuricaba, Augusto Pestana, Bozano, Campo Novo, Catuípe, Condor, Crissiumal, Humaitá, Jóia, Nova Ramada, Pejuçara e Santo Augusto.

Decreto Ijuí

Já está em vigência o novo decreto em Ijuí, visto a bandeira vermelha sobre Covid-19, que foi informada ontem pelo governo gaúcho para a região 13 no sistema de distanciamento controlado. Com isso, estão suspensas todas as atividades presenciais em igrejas, templos, centros religiosos e congêneres.

As lojas de conveniência em postos de combustíveis, no perímetro urbano de Ijuí, não podem abrir, exceto as localizadas às margens de rodovias estaduais e federais. Já os restaurantes à la carte, prato feito e buffet poderão receber clientes somente até sexta-feira, das 10 às 17 horas, exceto os localizados às margens de rodovias, e com máximo de quatro pessoas por mesa.

Na cidade, após às 17 horas, os restaurantes poderão fazer tele-entrega de alimentos ou atuar no sistema drive-thru, em que os clientes param nas proximidades do estabelecimento e recebem os produtos nos veículos. Por outro lado, as farmácias ijuienses estão autorizadas a receber o público das 7 às 20 horas. Após, fica permitido a tele-entrega e drive-thru.

O comércio não essencial, ou seja, lojas de roupas, calçados, de veículos, óticas, agropecuárias, comércio atacadista, dentre outros, podem atuar na Colmeia do Trabalho, com atendimento presencial de clientes, até sexta-feira, das 9 horas ao meio-dia e das 13 às 17 horas.

No próximo sábado e segunda-feira o comércio não essencial não vai poder abrir em Ijuí. Além disso, estão suspensas as assembleias e reuniões de forma presencial, com possibilidade apenas de maneira virtual.

Os postos de combustíveis no perímetro urbano de Ijuí poderão funcionar até sábado das 6 às 19 horas, e domingo das 6 às 18 horas. A exceção se refere aos postos de combustíveis e lojas de conveniência localizados às margens de rodovias, que podem atuar nos horários habituais.

Os supermercados em Ijuí podem seguir com funcionamento no horário já habitual, no entanto, com apenas 50% dos funcionários e precisam manter o controle do acesso de clientes, a fim de evitar aglomeração.

As academias também seguem com horário em vigência, no máximo até às 23 horas, mas com um aluno a cada 16 metros quadrados. As indústrias ijuienses, da mesma forma, não mudam o horário de trabalho, porém apenas necessitam diminuir um pouco o número de trabalhadores.

No tocante ao transporte coletivo urbano de Ijuí, os ônibus da Medianeira seguem com deslocamentos nos horários de costume, no entanto, podem ter até 50% da capacidade de lotação. Além das normas informadas, os estabelecimentos precisam manter as regras de higienização e distanciamento entre as pessoas.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!