Busca rápidaX

MANCHETES

Paulo Henrique Marques: “Espero futuramente voltar ao São Luiz”

11 de abril de 2020

 

Ídolo recente da história do São Luiz, o técnico Paulo Henrique Marques está no comando do Ypiranga de Erechim. Com a realização de um bom primeiro turno no campeonato gaúcho, o canarinho conseguiu a classificação para a semifinal quando acabou eliminado pelo Caxias sofrendo gol aos 46 minutos do segundo tempo.

O treinador conversou com a reportagem da Rádio Progresso de Ijuí, destacou a disputa pelo título do Interior pelo clube de Erechim, também falou que segue na torcida pelo São Luiz se manter na divisão especial do gauchão. Detalhista como sempre, Paulo ainda comentou sobre retorno dos estaduais.

Campanha do Ypiranga no Gauchão 2020

“Acho que é uma campanha muito boa pelo fato do Ypiranga estar voltando, passou 2 anos na divisão de acesso e junto desses 2 anos jogando a Série C do Brasileiro, claro que com muitos problemas, pois a divisão de acesso não tem investimento, não tem grana da televisão e isso é muito complicado. A mesma coisa aconteceu com o São Luiz que ficou 3 anos afastado do Gauchão, demorou um pouco para se reorganizar, então entendo que o Ypiranga passa por este processo também. Fizemos um primeiro turno um pouco acima do que esperavámos, montamos uma equipe nova, apenas 3 titulares da temporada passada permaneceram, contratamos dentro daquilo que dava, o investimento não era muito alto e mesmo assim conseguimos fazer um ótimo primeiro turno, sofremos um gol aos 46 minutos do segundo tempo num jogo muito parelho e o Caxias depois por merecimento foi campeão. O segundo turno começou da mesma forma, realizamos um bom jogo em Porto Alegre(contra o Inter), o segundo jogo foi o mal jogo do campeonato, sempre disse que para os atletas, direção e imprensa que estava estranho, pois não tinhamos tido o mal jogo ainda e estava meio fora da curva por que é uma equipe nova, padrão novo e tinha que oscilar, isso é normal no futebol e não tinha contecido ainda e contra o Aimoré foi o nosso jogo ruim e no terceiro jogo contra o Brasil, voltamos ao normal e num erro nosso acabamos sofrendo o gol mas voltamos a jogar bem que realmente era o que nos interessa”.

Disputa pelo título do Interior

“Muito legal, prá mim é muito bom, muito satisfatório. Realmente eu não esperava que já no primeiro ano estivesse nessa condição. Por que primeiro tinha que chegar e consolidar um trabalho e as pessoas acreditarem no que realmente passamos e o futebol é assim, você chega e conquista o resultado e depois vai impondo nossas metodologias e fazer uma equipe que eu achasse que tinha jogadores com perfil que encaixasse na maneira que a gente gosta de jogar, então copiamos um trabalho que foi realizado no São Luiz, colocamos no Ypiranga e deu muito certo. Devido a pandemia(coronavírus), foi uma atitude muito correta em parar o campeonato, mas se tivesse continuado não era ruim por que, nossa briga pelo título do Interior é contra o Esportivo, nosso próximo adversário em casa e teremos outro jogo em casa, enquanto o Esportivo tem só uma em casa que é contra o Inter que para mim, antes da parada era a melhor equipe do campeonato, então a chance de ser campeão do Interior é/era muito grande e superar a pontuação do último ano com o São Luiz quando fizemos 17 pontos na fase classificatória e este ano tinha chance muito grande de superar essa marca por que tínhamos mais 2 jogos em casa ainda, e se o campeonato encerrar, vamos ficar numa situação legal por que a dupla GreNal ficando com a Libertadores em 2021, vamos conseguir levar o Ypiranga para a Copa do Brasil como fizemos com o São Luiz também”.

Retorno dos estaduais

“Eu acho que muita gente quer quer o campeonato retorne, e eu vejo que a medida que o tempo vai passando vai ficando mais difícil, por que os clubes da Série A do campeonato brasileiro e a própria CBF não abrem mão de um campeonato com 38 rodadas; a libertadores faltam 4 datas para encerrar a fase de grupos, somando as 38 já são 42. Após isso, precisa de mais 7 datas, isso somaria 49 datas. Precisa achar datas para a Copa do Brasil que são mais 8 datas, logo são 57 datas, então precisaríamos de pelo menos 60 datas. Está se planejando o retorno do futebol em Junho/Julho. Vamos imaginar que retorne em Julho. É muito apertado. Estamos na metade de Abril, acredito que em Maio não deva começar nada. Restariam 6 meses, 8 datas por mês dá 48 datas e onde colocam as demais datas se precisa no minimo 60 datas? Não termina este ano. Eu acho muito difícil, alguma coisa vai ser sacrificada e eu acredito que vai começar por baixo, os estaduais, pelo menos dentro do meu pensamento, isso fazendo futebol quarta e domingo e não parando mais, eu acho bem complicado voltar, e sem contar que os atletas irão precisar de um tempo para se recondicionarem”.

Torcida para o São Luiz se manter na Série A do Gauchão

“Torcendo para o clube sair dessa situação, ainda mais eu que estive nos últimos 3 anos no clube. Assumimos numa situação bem complicada, e conseguimos junto com a direcão, jogadores e torcida, tirar o time da divisão de acesso e levar o clube até uma competição nacional, então torço para que o clube permaneça. Em 2021 ou terá Série C ou não vai jogar nenhuma competição por que via gauchão não consegue mais vaga para a Série D e a única coisa que consegue no gauchão é se salvar, então torço muito pela permanência por que é um clube que futuramente eu espero poder voltar. A saída era uma coisa que precisavámos, dar uma oxigenada, isso eu aprendi com um grande chefe que eu tive no futebol que foi Leandro Becker, reitor da Ulbra, que me ensinou muita coisa e uma dessas coisas foi essa, depois de um tempo é preciso sair, dar uma oxigenada para voltar com tudo, então só espero que essa volta seja na primeira divisão por isso a torcida para se salvar”.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí/Foto: Instagram Ypiranga