Busca rápidaX

Pedido de ajuda para o vice-presidente da República e movimento étnico do Mercosul: os destaques da Fenadi

21 de outubro de 2019

Em termos de programação cultural da Expo-Ijuí/Fenadi, além das várias apresentações dos grupos de danças das etnias, na edição deste ano o destaque ficou por conta da participação de atrações de outros locais.

O presidente a União das Etnias e da Fenadi, Nélson Casarin (foto), ressaltou a presença da escola de dança Bolshoi, de Joinvile, Santa Catarina, também a apresentação dos Três Tenores do Brasil. Por outro lado, citou a participação de representantes da Letônia, também árabes, ainda o cônsul da Suécia.

Além disso, sábado e ontem estiveram na Expo/Fenadi alguns argentinos e paraguaios, quando houve encaminhamento, com a Ueti, para início de um movimento étnico conjunto entre países do Mercosul.

Nélson Casarin afirmou que existe grande possibilidade de que na próxima edição da Fenii – Feira de Negócios da Indústria de Ijuí – que deverá acontecer entre o final de abril e início de maio do ano que vem, ocorra começo de projeto na área de folclore do Mercosul.

Por outro lado, Casarin destacou que na última sexta-feira, durante visita a Ijuí do vice-presidente da República, Hamilton Mourão, foi entregue reivindicação para que ele ajude no projeto de Ijuí se tornar Capital Nacional das Etnias. Segundo Nélson Casarin, o vice-presidente Mourão se manifestou favoravelmente ao mencionado projeto. A Expo-Ijuí/Fenadi deste ano ocorreu do último dia 11 até ontem, no parque Wanderley Burmann.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!