Busca rápidaX

MANCHETES

Perdas na agricultura de Ijuí com estiagem chegam a cerca de R$ 150 milhões

20 de março de 2020
Soja é uma das principais culturas com perdas consideráveis em razão da falta de chuva

Números atualizados pela Emater apontam que o prejuízo estimado na área rural de Ijuí, em razão da estiagem, está em cerca de 150 milhões de reais. O que mais influência é a perda na soja. Porém, também existe quebra, especialmente, no milho e na área leiteira.

O servidor do escritório local da Emater em Ijuí, Edewin Bernich, ressalta que as chuvas desta semana não impactam muito em recuperação das culturas. Isso porque, grande parte da soja está pronta para colheita e o milho, em várias áreas, já houve a fase de floração.

O que ocorre é a recuperação parcial das pastagens, com repercussão na melhoria da produção leiteira. A colheita da soja em Ijuí está em cerca de 20%. Em áreas onde houve menos chuva o rendimento médio está entre 20 e 25 sacas por hectare, por exemplo, região sul de Ijuí.

Por outro lado, a Emater, em Ijuí, já recebeu mais de 200 pedidos de Proagro, visto as perdas na soja e novas solicitações devem ser feitas. Edewin Bernich frisou que várias perícias realizadas apontam que a produtividade de soja cobre o custeio, portanto, o Proagro é negado.

Isso também acontece em virtude do alto preço da saca de soja. Hoje, o valor médio na região de Ijuí está em 87 reais e 54 centavos. Em função das restrições de circulação de pessoa devido ao coronavírus, o escritório local da Emater em Ijuí está fechado, apenas com serviços internos.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!