Busca rápidaX

“Pior forma de fazer política” diz deputado sobre o governo Eduardo Leite

20 de janeiro de 2020

“É a pior forma de fazer política”. Dessa forma o deputado Edson Brum, líder do MDB na Assembleia, definiu a estratégia do governo do Estado de oferecer cargos em troca de votos favoráveis ao pacote de medidas enviado ao Legislativo. Segundo Edson Brum, se este tipo de proposta se confirmar, deve consolidar a ideia de voto contrário às medidas do governo.

Em entrevista à RPI hoje pela manhã, o parlamentar lembrou que, mesmo sendo o maior partido da base do governo, o MDB comanda apenas uma Secretaria. O fato prova que o partido apoia Eduardo Leite com o intuito de ajudar a aprovas reformas que, conforme Edson Brum, já havia sido iniciadas na gestão passada, de José Ivo Sartori.

“O problema é que decidimos apoiar o governo desde que fossem tocadas as reformas da maneira com o ex-governador Satori fez, estipulando que as novas regras valessem para os novos servidores. Do jeito que o governo Leite está propondo, com mudanças de regras para o funcionalismo na ativa, nós classificamos como algo inconstitucional, que não tem validade”, criticou o deputado.

A principal questão, aponta Brum, é que as reformas propostas por Leite são diferentes, atingindo servidores que já estão no serviço público. Por sua vez, o MDB defende que as mudanças sejam aplicadas somente a quem ingressar no funcionalismo a partir da aprovação das novas regras. Se a mudança for feita, o MDB apoiará o governo de Eduardo Leite, e caso os projetos permaneçam como estão, o partido votará contra, afirmou Edson Brum.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!