Busca rápidaX

MANCHETES

Poder público e entidades de Ajuricaba avaliam situação da estiagem

19 de março de 2020

O município de Ajuricaba e toda a região passam por uma estiagem que eleva ao alto os índices de perdas. A chuva de quarta-feira amenizou a situação, mas não foi suficiente para recuperar as águas e normalizar a situação, podendo ainda ser decretado a Situação de Emergência por conta da falta de água, sendo essa uma das prerrogativas para o decreto, ou seja, perdas econômicas (já confirmadas) e dano humano.

Na manha dessa quinta-feira aconteceu a reunião envolvendo entidades ligadas ao meio agrícola do município, com a participação do Sargento Oliveira, coordenador da Defesa Civil do Estado, representando a região. Ele foi enfático em pontuar os critérios para a tomada de decisão em relação ao decreto. “O prefeito e o coordenador da Defesa Civil municipal tem autoridade para decretar, mas se não for comprovado os critérios o Estado não homologa e tão pouco a União.

Esses dados tem que ser registrado, como falta de água, pessoas passando fome por conta da estiagem, pois se não for efetiva os agentes respondem criminalmente”, disse o sargento para o grupo de lideranças presentes, sendo da Emater, gerente dos bancos, técnicos de cooperativas, sindicatos, vereador, e secretários. Os agentes dos bancos alertaram que os produtores afetados pela estiagem estão encaminhando o Proagro. A Emater, na semana passada havia feito 15. Até hoje já somavam 150, isso para apenas um banco.

Contudo a Defesa Civil do município está em alerta para o registro de evidencias e com a programação necessária para o decreto, caso seja necessário por conta da sequência da estiagem.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí e prefeitura

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!