Busca rápidaX

Polícia Civil apreende cerca de duas toneladas de pescados impróprio para o consumo humano em Santo Ângelo

13 de dezembro de 2017
A Polícia Civil, em ação da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor, Saúde Pública e Propriedade Imaterial (Decon), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), prendeu nessa terça-feira (12) um empresário em flagrante em Santo Ângelo. A ação de fiscalização conjunta com a Secretaria da Agricultura resultou na apreensão de aproximadamente duas toneladas de pescados impróprios para consumo. 

Segundo o delegado Rafael Liedtke, os agentes públicos constaram graves irregularidades na origem, produção e armazenamento dos pescados localizados no estabelecimento. O local alvo das buscas não é registrado para manipulação e produção de pescados no órgão público fiscalizador competente, além de utilizar rótulos cujos registros se encontram suspensos. Além dessas irregularidades, os policiais também localizaram e apreenderam cerca de 300 quilos de pescados oriundos de pesca totalmente proibida. O responsável legal pelo estabelecimento foi autuado em flagrante pela prática do crime contra as relações de consumo – relatou o delegado. 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!