Busca rápidaX

Polícia conclui que mãe e filha foram assassinadas em troca de R$ 20 mil em Casca

2 de setembro de 2020

Um duplo homicídio ocorrido em 14 de junho em Casca movimentou a segurança pública nesta tarde e resultou na prisão de seis pessoas. Um dos detidos é ex-genro de uma das vítimas. As prisões foram efetuadas em três cidades. Segundo a polícia civil, três mandantes foram capturados no município, e um dos atiradores foi capturado em Guaporé. Dois dos investigados já estavam recolhidos no sistema penitenciário, um deles por tráfico de drogas em Casca, e o outro por assalto em Florianópolis (SC).

Existe ainda um sétimo envolvido que é de Novo Hamburgo, mas não foi localizado hoje e é considerado foragido. Mãe e filha, chamadas Neusa Maria Rapkievicz, de 56 anos, e Ana Paula Rapkievicz, de 32, foram mortas em uma emboscada quando chegavam na propriedade rural em que moravam, em Capela Geral Velha. A partir das investigações, a polícia concluiu que o crime foi motivado por brigas entre famílias. O ex-genro e seu pai pagaram R$ 20 mil para quatro criminosos de fora da cidade matarem as duas.Dos quatro assassinos contratados, dois são moradores de Casca, um de Novo Hamburgo e o outro é de Palhoça (SC).

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!